Como escolher a franquia ideal

0

Para aqueles que desejam ter o próprio negócio, mas não querem enfrentar os desafios de iniciar uma marca do zero, investir em uma franquia pode ser uma ótima opção. Por contar com um modelo já pronto, este tipo de empresa representa menos riscos aos empreendedores iniciantes. Mas como escolher a franquia ideal? Confira algumas dicas que devem ser levadas em consideração na hora de escolher o melhor negócio:

Questione-se

O primeiro passo é fazer perguntas a si mesmo para identificar qual segmento combina mais com seu perfil. Também vale analisar se existe alguma habilidade ou conhecimento que o investidor já possua e que possa aplicar no novo negócio. Essa autoanálise será essencial no primeiro momento e ajudará na hora de buscar a franquia ideal.

Entenda

É importante mergulhar no mundo das franquias e atentar para todos os assuntos que devem ser levados em consideração na hora de escolher uma franquia. Qual o tempo de contrato? Quais são as taxas envolvidas? Serão necessários treinamentos? Quais os padrões estabelecidos pela franquia?

Investimento

Nem só de investimento inicial vive uma franquia. Antes de adquirir uma, é importante fazer um bom levantamento e colocar na ponta do lápis todos os custos envolvidos: valor de investimento inicial, custos fixos e variáveis da operação do negócio, capital de giro e faturamento previsto.

Competência

Uma vez que investimento e segmento estejam definidos, é hora de selecionar algumas possíveis franquias de interesse. Para isso, o empreendedor deve avaliar suas competências e identificar o que conseguirá aplicar no dia a dia no novo negócio e o que precisará estudar, aprender e colocar em prática.

Pesquise

Feita a seleção de três a cinco franquias que agradam o investidor, é chegada a hora da pesquisa. Não é preciso ter pressa: o ideal é pesquisar tudo a respeito das marcas e buscar todas as informações que julgar necessárias. Depois de definir algo, vale tirar as dúvidas diretamente com o franqueador, sem ficar com receio de fazer perguntas demais, pois esta hora é crucial para a tomada de decisão. Se possível, o empreendedor deve ir até uma loja de unidade própria e ver com os seus próprios olhos o modelo de negócio adotado.

Converse com franqueados

Quando estiver quase certa a opção pela franquia, o empreendedor deve conversar com os atuais e ex-franqueados para entender melhor como será a relação com o franqueador e quais serão as principais dificuldades do negócio. Dificuldades sempre vão existir, então o melhor é estar preparado para elas.

Se necessário, peça ajuda

Caso o empreendedor não esteja familiarizado com algo que esteja envolvido num processo de aquisição de franquia, como números, por exemplo, deve pedir ajuda a algum conhecido ou, até mesmo, contratar um profissional para auxiliar em tudo aquilo que julgar importante.

Decisão

Adquirir uma franquia é um grande projeto de vida e não deve ser feito por impulso ou pressão do franqueador. A decisão é única e exclusivamente do empreendedor, que deve ser paciente e tomar o tempo que julgar necessário, para evitar qualquer decisão precipitada. Todo esse processo de seleção pode durar meses e é perfeitamente normal.



COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.