Franquias apostam no test-drive para conquistar franqueados e reduzir riscos

0
test-drive de franquias: opção para conhecer o negócio antes de tomar a decisão (foto: Shutterstock)
test-drive de franquias: opção para conhecer o negócio antes de tomar a decisão (foto: Shutterstock)

Para muitos interessados em comprar uma franquia, escolher um modelo de negócios para investir pode não ser uma tarefa tão simples. Afinal, é neste momento que o candidato precisa analisar inúmeras proposta, avaliar formatos distintos e encontrar um setor com o qual se identifica e gostaria de trabalhar. Além destas informações, ele precisa lidar com o medo de errar e perder parte de suas economias.

Para facilitar a vida do futuro franqueado, algumas franquias já começam a apostar no test-drive como ferramenta para reduzir as dúvidas que o momento anterior à assinatura do contrato pode trazer, e permitir que o candidato tenha uma experiência próxima daquela que encontrará quando estiver dirigindo o próprio negócio.

O modelo é inspirado nos testes promovidos por concessionárias de automóveis, nos quais os clientes podem dirigir um carro por alguns quilômetros e conhecer como a máquina funciona na prática, antes de fechar negócio.

O test-drive das franquias funciona de maneira semelhante: neste sistema, o empreendedor tem a oportunidade de conhecer diversas áreas da empresa e ter a experiência de acompanhar um dia de trabalho em uma unidade modelo da franquia pretendida.

Minimizando riscos

Para o futuro franqueado, o teste pode diminuir o risco de optar por uma franquia incompatível com seu perfil, o que pode levar o negócio a fracassar. “Muitas pessoas não têm ideia do que é, de fato, atender ao público e gerenciar um negócio, então, utilizar uma ferramenta dessas pode funcionar como um filtro”, explica especialista em varejo e professor da FGV-Eaesp, Maurício Morgado.

Proteção em via dupla

Para o franqueador, escolher mal a quem vai conceder o direito de uso de sua marca pode causar prejuízo à imagem da empresa e até mesmo atrapalhar o desenvolvimento da rede em determinada região. Portanto, a medida também pode ser benéfica ao revelar aspectos sobre o candidato que nem sempre são perceptíveis no momento da entrevista.

Desta maneira, tanto o modelo de negócios quanto o franqueado estariam passando por um teste, o que ajuda a eliminar candidatos aventureiros, ou que o perfil não se identifique com a cultura da empresa, na opinião da presidente da Associação Brasileira de Franchising (ABF), seccional Rio de Janeiro, Eliane Bernardino. “Muitas vezes, um franqueado se aproxima de um franqueador porque adora aquela marca como cliente. Ocorre que a experiência em uma loja, do lado de fora ‘do balcão’ é bastante diferente da experiência do lado de dentro ‘do balcão’, como gestor”, explica.

Desta maneira, o teste pode proporcionar a oportunidade para a pessoa interessada em empreender observar como é a realidade do relacionamento com o perfil dos funcionários da loja, como é o processo de compras, como é o atendimento aos clientes, entre outras questões gerenciais que são importantes para a o sucesso da empresa.

Foi o que fez o franqueado Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac), Walner Silva Vicentini. Ao perceber que o mercado de trabalho estava mais difícil, o empreendedor decidiu procurar informações sobre modelos de negócios que lhe permitissem fazer uma transição entre o cargo de gerente de produtos na indústria e o mundo empresarial.

Vicentini explica que, durante a negociação, pôde participar de um test-drive em uma unidade-modelo da franquia, o que lhe rendeu a oportunidade de ter contato e conversar com pessoas que trabalham em diversas áreas da empresa, conhecer mais profundamente os processos e compreender como seria a operação da franquia. “Esse processo me deu maior segurança para estar no negócio, porque, quando apresentam apenas os números, é uma coisa. Mas quando você vê a coisa funcionando e pode entender melhor como será o dia a dia, é outra totalmente diferente”, explica Vicentini.

Além do test-drive, a conversa com os atuais franqueados é uma etapa fundamental no processo de escolha da franquia. Confira agora 14 perguntas para fazer aos franqueados já em operação.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here