Como manter minha equipe motivada?

0
1234

Qual é o segredo da motivação? Por que há pessoas que parecem tão entusiasmadas para realizar um trabalho enquanto outras soam apáticas? Há formas de motivar pessoas e contagiá-las com o nosso próprio entusiasmo? Em primeiro lugar, é preciso entender o que motiva as pessoas. Depende de cada um, mas há recomendações gerais.

O primeiro passo é anterior ao problema: contratar pessoas que concordem com a visão de negócios da empresa, sintam satisfação em realizar o trabalho oferecido e tenham objetivos semelhantes aos do negócio. É papel do entrevistador tentar entender se o candidato é ou não adequado para a função. Uma série de estudos mostra que é grande o percentual de pessoas desengajadas por ocuparem uma função que não combina com suas atribuições e expectativas.

A vocação pessoal é provavelmente o aspecto mais importante para ter uma equipe motivada. Alguém com grande qualificação, mas que não compartilha dos mesmos valores e metas, dificilmente será produtivo. É melhor investir na procura de um profissional disposto do que desperdiçar energia e recursos tentando animar quem preferiria estar fazendo outra coisa.

Como manter e aumentar o ânimo da equipe?

Naturalmente, a motivação inicial pode arrefecer. É fundamental, nesses casos, entender como manter e aumentar o ânimo da equipe. Certifique-se de que todos entendem a estratégia e aonde a organização quer chegar. Envolvê-los nos objetivos da empresa, impregnando-os da missão, da visão e dos valores. Uma ação interessante é pedir que expliquem em suas próprias palavras o que entendem ser a estratégia e observar se reconhecem o verdadeiro valor do que sua empresa produz para os clientes e a sociedade.

Um líder deve mostrar que acredita na sua equipe. Dar a eles responsabilidades e funções importantes, e valorizar quando mostrarem iniciativa. Se os profissionais se sentem parte do empreendimento, terão o pleno senso de realização a cada meta alcançada. A maior fonte de entusiasmo, muitas vezes maior até do que a recompensa material, é se reconhecer como peça fundamental para a produção de algo que vale a pena, algo de que se orgulhar.

É claro que, depois de algum tempo, os profissionais terão razão de esperar também um benefício material. Embora não seja a única forma de manter a motivação, naturalmente, todo esforço deve ser recompensado. Os membros da equipe podem receber adicionais proporcionalmente ao seu esforço, especialmente quando os objetivos são atingidos.

Tendo a certeza de que estão no caminho certo, esses profissionais poderão até compreender melhor aqueles momentos em que a recompensa, devido a fatores incontroláveis, demora um pouco. Se confiarem na empresa e no empreendedor, saberão esperar até as condições melhorarem e os negócios renderem frutos. O mais difícil de suportar, muitas vezes, é esperar consideração e reconhecimento. Se o profissional perde a esperança de ser devidamente valorizado, dificilmente manterá o ânimo.

Portanto, é importante deixar claro a cada membro da equipe que ele continua fundamental para o cumprimento das metas. Perguntar como está se saindo e que ideias têm para melhorar. Sem tom de cobrança, uma ação interessante é pedir para o profissional conte os bons resultados que alcançou recentemente. Depois, se teve alguma ideia para melhorar seu desempenho ou o da empresa. Escutar e valorizar ideias. Se necessário, explicar calmamente por que elas são boas, mas por que talvez não se apliquem no momento.

Mantendo o entusiasmo

O colaborador entusiasmado tem a sensação de que, sem ele, o percurso da empresa seria mais lento e difícil. Mas, com o passar do tempo, ele precisa reforçar essa impressão, saber que os outros também notam isso. É o líder da equipe que precisa confirmar, inclusive em público, que o papel de cada colaborador é vital. O membro da equipe precisa saber que é valorizado pelo que realiza e que sua contribuição para o objetivo geral é vista com apreço.

Metas não são apenas uma forma de fomentar a competição positiva, mas principalmente de ajudar os profissionais a sentir de forma concreta o quanto colaboram para a organização. Dessa forma, os profissionais terão condições de medir por si próprios o quanto são importantes para a missão geral e se sentirão mais integrados à organização como um todo.

Atenção é essencial. É preciso ter cuidado para não dar a entender que a liderança acha que os profissionais já deviam saber o que estão perguntando, sob risco de aliená-los e fazê-los sentir que não são competentes o suficiente. Se necessário, faça junto com eles parte do seu trabalho, para ensinar, dar o exemplo e restaurar a confiança.

Manter uma equipe motivada exige compreensão, compaixão e empatia. Requer dar mais atenção às pessoas do que aos objetivos materiais. É um esforço que sempre compensa. Ao ajudá-las a se engajar, valorizar e desenvolver todo o seu potencial, a gratidão irá surpreender. Investir nas pessoas sempre produz o melhor retorno.

COMPARTILHAR