Pesquisando sobre franquias? Veja 14 perguntas para fazer aos franqueados já em operação

0
franquia pergunta
franquia perguntas

Todo empreendedor precisa entender por completo o modelo da franquia na qual pretende investir antes de assinar o contrato. Boa parte das informações serão conhecidas por meio de um estudo detalhado do contrato ou da Circular de Oferta de Franquias (COF). Outras fontes, porém, devem ser consultadas e ninguém melhor do que os atuais franqueados para dar um bom panorama sobre a vida real de atuar numa determinada rede.

Essas conversas são um momento ideal para confirmar as informações essenciais que estarão na COF – e também de ir além. “É importante explorar bastante o que não parece óbvio a quem nunca teve um negócio parecido. São perguntas sobre o que acontece por trás do negócio”, afirma Ana Vecchi, professora e especialista em franchising.

Abaixo, conheça algumas perguntas a serem feitas a um franqueado – e, em seguida, veja mais detalhes sobre por que são importantes, além de outras recomendações para esta conversa.

  1. O que esperar do dia a dia da franquia?
  2. O que é considerado um imprevisto nessa rotina?
  3. Como devo planejar meu dia?
  4. Qual o nível de disciplina necessário?
  5. Quais os desafios da operação?
  6. Quais são as principais queixas?
  7. Em quais momentos você pensou “eu não achava que fosse assim”?
  8. Quais atividades ou aspectos da franquia você considera mais difíceis?
  9. O que dá mais trabalho dentro da rotina?
  10. O que mais impressiona um cliente dessa franquia?
  11. No que devo dar maior foco?
  12. O que acha do respaldo e dos produtos oferecidos pela franqueadora?
  13. Você abriria uma segunda unidade?
  14. Tudo que foi prometido foi cumprido?

 

A importância das perguntas

“Todas essas perguntas focam nos bastidores, que vão além da operação claramente percebida pelos candidatos a franqueados”, explica Ana. Elas são mais subjetivas e tendem a receber pouca importância no processo de análise de franquia, mas evitam que o empreendedor tenha surpresas na hora em que a lua de mel da aquisição passar e começar a rotina de verdade.

Por serem subjetivas, é aconselhável que sejam feitas para mais de um franqueado. Assim, é possível ter uma fotografia mais detalhada dos bastidores e confirmar informações. O ideal é que o empreendedor entreviste franqueados em diferentes estágios da vida de uma franquia e com diferentes perfis. A seguir, alguns exemplos.

Franqueado mais antigo: com ao menos cinco anos de operação, poderá falar com mais propriedade sobre os pontos positivos e negativos da relação com a rede.

Franqueado iniciante: acabou de começar a operação e pode falar sobre o suporte inicial oferecido, assim como todo o processo de instalação da unidade.

Franqueados próximos e distantes: podem comentar como é o suporte e a logística e se há diferenças por estarem em distâncias diferentes da sede da rede.

Franqueados satisfeitos e insatisfeitos: é sempre bom ter as duas perspectivas para analisar criticamente os aspectos positivos e negativos pelo olhar de pessoas que já formaram opiniões opostas sobre a rede.

Outro ponto importante, segundo Ana, é a necessidade de um olhar crítico para todas as respostas. “Quando as pessoas estão encantadas com a possibilidade de realizar o sonho do próprio negócio, mesmo que escutem algo que não gostam ou que não se identifiquem, elas tendem a fingir que não ouviram ou apenas afirmam que com elas será diferente”, diz Ana.

Essas entrevistas devem ultrapassar a imagem cinematográfica que as redes costumam construir para conquistar candidatos e entender como será a vida de franqueado. Afinal, é um compromisso que irá envolver uma quantidade razoável de capital, sonhos e planos, então, é melhor que o empreendedor tenha certeza de que está fazendo a coisa certa.

Por fim, o candidato não pode ter receio de fazer qualquer pergunta. O importante é tirar todas as dúvidas. Esta é a melhor qualidade de um bom entrevistador. Resta agora realizar o investimento, já que a economia brasileira está saindo da crise e pode ser um bom momento para abrir a franquia.



COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here