Sete maneiras de começar com boas vendas

0

“Se eu abrir uma franquia, os clientes virão?” A pergunta, quase óbvia, vez ou outra passa pela cabeça de novos franqueados. Afinal, uma vantagem de abrir uma unidade de uma rede de franquias é jogar com um time que já está ganhando. A marca, na maioria das vezes, já é reconhecida e tem apelo no mercado, o que permite começar com vantagem. Só isso, porém, não basta. Conheça sete tarefas de casa que todo franqueado deveria fazer para vender bem.

Conheça bem o público da sua loja

A franqueadora, certamente, já conhece o público-alvo da rede e passará esse ensinamento. É preciso, porém, compreender o público alvo da região. Qual é o perfil de quem mora ou trabalha na área? Em quais momentos têm contato com a loja? Coletar dados e compreender os perfis deve ser uma tarefa constante.

Observe as potencialidades do time

Profissionais engajados e times entrosados vendem mais. Muitas franqueadoras ajudam com a descrição dos cargos e até mesmo com a seleção. Mas a rotina cabe ao franqueado, que deve observar se o melhor vendedor está no turno adequado, se as metas estão bem distribuídas e que tipo de incentivo pode ajudar.

Procure as oportunidades latentes

Muitas vezes, lojas localizadas em shopping centers podem ampliar as vendas oferecendo serviços de entrega para fora. Ou, então, uma loja pode fazer parcerias produtivas com suas vizinhas. Campanhas online, alinhadas com a política da franqueadora, podem trazer muitas oportunidades de aumentar as vendas.

Seja o principal cliente da sua loja

A ideia é batida, mas frequentemente esquecida: é preciso conhecer bem o que se vende para saber vender melhor. Um franqueado que conhece bem seu produto ou serviço certamente terá mais ideias criativas para novas campanhas e ações do que aquele que assume somente o papel de dono, e não de cliente.

Aproveite as efemérides comerciais

Dias dos namorados, das mães, das crianças, dos pais, além do Natal, são datas-chave do varejo. Quem se prepara com antecedência sai ganhando. Como atingir o cliente em meio a tantas promoções? Antecipar a divulgação e promover experiências reais dentro das lojas são ideias a considerar para se diferenciar.

Lembre-se: a venda não acaba na loja

O cliente precisa querer voltar – e, para isso, cuidar bem do pós-venda é essencial. Cadastrar o cliente e entrar em contato apenas para saber se ele está satisfeito ou se continua interessado em conhecer novidades é uma alternativa cativante. Para que funcione, é sempre melhor ter a autorização dele e usar textos criativos.

Reclamação pode ser oportunidade

Quem ficou nervoso com sua empresa pode ser convertido em um bom cliente. É inevitável que algum cliente reclame de supostos atrasos na entrega, mau atendimento ou outros motivos. Ouvi-lo com atenção, desculpar-se, oferecer uma reparação e convidá-lo a repetir a experiência com qualidade pode virar o jogo.



COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.