Vale a pena investir em franquias que estão na moda?

0

De tempos em tempos, surgem no mercado negócios que parecem imperdíveis. Da mesma forma, não demoram muito para serem formatados como opções de franquias. Na mesma velocidade com que surgem, a maioria deles perde força ou interesse com o tempo e acaba por desaparecer, deixando em maus lençóis muitos franqueadores e empreendedores. Sobram poucas operações bem-sucedidas nessa história, geralmente as que chegaram primeiro e souberam se estabelecer antes da tormenta. Ou abandonar o barco primeiro.

“Já surgiram e ainda surgirão muitos negócios baseados em modismos e que, de forma geral, não costumam seguir com a mesma força com que iniciaram”, afirma Paulo Ancona Lopes, da Ancona Consultoria. Segundo ele, os modismos no setor de franquias no Brasil são motivados, muitas vezes, por diversos tipos de influências.

Muitas vezes, as franquias da moda aparecem – diz o consultor –, a partir do destaque de alguma personalidade ou de cases de sucesso no exterior, entre outros fatores. “Um certo inconsciente coletivo, extremamente típico em nossa cultura, que é o de repetir, principalmente, o que vem de fora”, também contribui para esses sucessos efêmeros, segundo Lopes.

Moda do exterior

paleta morango - texto Vale a pena investir em franquias que estão na moda?
As paletas mexicanas são um clássico exemplo de negócios que crescem rápido e encolhem na mesma proporção.

“Os exemplos mais clássicos foram as de iogurterias e, depois, as paletas mexicanas”, recorda o especialista. Ele diz que, em ambos os casos, foram originalmente empreendimentos de sucesso que surgiram no exterior. “Quando alguém trouxe o conceito para cá, ocorreu um sucesso muito rápido”, lembra Ancona.

Inúmeros empresários enxergaram nessas franquias, que cresciam rapidamente, uma grande oportunidade de ganhar dinheiro rápido. Ocorre que de repente o mercado encolhe – e toda aquela oferta não cabe na demanda que resta.

Ancona observa que, atualmente no Brasil, se vivencia uma outra moda, a do gin. “Começaram a surgir bares especializados em gin, e isso também tende a se multiplicar “, diz. Segundo o especialista, a moda ou modismo leva as pessoas a agir e a se movimentarem na mesma direção. “E essa direção pode mudar rapidamente por outro modismo que surja”, diz.

Fuja do modismo

Para Ancona, o ideal para quem vai investir numa franquia como o negócio de sua vida é fugir de modismos ou de negócios que tenham muita sazonalidade. “Daí que o setor de alimentação é o maior em termos de franquias”, ressalta.

Um dos maiores riscos quando se fala em franquias na moda, de acordo com Ancona, é que os empresários que investem nesses negócios de ocasião acabam se empolgando com os primeiros resultados. “Muitos deles investem alto em fábricas ou instalações e, quando se dão conta, a moda já passou, e eles quebram junto com suas redes”, alerta.

O consultor lembra que as paleterias são exemplo perfeito desse tipo de movimento – apesar de haver alguns, poucos, casos de sucesso dentro dessa história. “Foram investidos muitos milhões de reais por várias marcas que, em muitos casos, nem sequer chegaram a por em operação seus novos equipamentos”, afirma.

Food Truck

food truck - texto
Para modismos como o food truck, especialistas apontam para a falta de visão de mercado e planejamento.

Outro exemplo de franquias de modismo, segundo Ancona, é o mercado de food truck, que surgiu de forma avassaladora como a grande vedete do mercado e depois refluiu. “Em todos os casos, permaneceram unidades sobreviventes rentáveis, mas em número bem menor do que no início”, avalia.

O especialista argumenta que falta a esses empresários, e aos que se interessam por suas franquias, um pouco mais de visão de mercado e de planejamento. “Sem isso, nenhum negócio dura muito tempo”, ressalta.

Quem tem recursos o suficiente para se dispor a correr riscos, pode conseguir alavancar o investimento em pouco tempo. O risco maior, se não conseguir aproveitar a hora certa de investir, é entrar no negócio quando a onda já passou. “Nesses casos, o prejuízo pode ser certo.” Franquias de modismo são apostas de risco – e decidir entrar ou não nessa história é uma atitude que precisa ser bem pesada, de acordo com os objetivos profissionais, e também de vida, do franqueado.

Por isso é importante pesquisar sobre franchising antes de se aventurar em qualquer moda. Tenha certeza do investimento que as chances do sucesso aumentarão, consequentemente.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here